Jogo responsável

O jogo online pode ser emocionante e mesmo muito lucrativo. No entanto, lembre-se de que nem sempre se pode ganhar. Por vezes perde-se, e isso faz parte do jogo. Esteja preparado para isto e nunca jogue para além do seu orçamento. 

Neste artigo iremos discutir os sinais mais comuns de problemas de jogo e o que pode fazer para tomar medidas e encontrar uma solução.

Tem algum problema com o jogo?

Muitas actividades recreativas têm o risco de desenvolver comportamentos viciantes. Vinho, tabaco, comida, compras — a lista é interminável. O jogo é outro item, e como a própria Internet tem a capacidade de ser viciante, o jogo online é um verdadeiro assassino nesta área.

Provavelmente sabe que é propenso a vícios se fizer demasiadas coisas que o fazem sentir-se bem consigo mesmo. Se comer mais do que deveria, se acordar depois de uma agitada sessão de compras com uma enorme viagem de culpas, se as garrafas de vinho parecerem ficar cada vez mais pequenas, provavelmente deve prestar atenção.

Quando é que tem um problema de jogo de azar?

Há uma série de comportamentos que podem indicar o vício do jogo. Leia esta lista e veja quantos deles se aplicam a si. Se o seu comportamento se enquadrar em várias destas descrições, poderá ter um problema real. É melhor ser honesto a este respeito, pelo menos consigo mesmo.

Comportamento de risco

Veja quantos destes comportamentos reconhece em si mesmo. Você:

  • Gaste mais dinheiro em jogos de azar do que planeou.
  • Ficar facilmente irritado se algo o incomoda enquanto joga.
  • Perseguir perdas, tentar ganhar de volta o dinheiro perdido.
  • Perder a noção do tempo e continuar a jogar durante mais tempo do que planeou.
  • Mentir a pessoas próximas de si.
  • Não pára quando ganha, mas continua a jogar até ficar sem dinheiro.
  • Acredita firmemente que terá um grande lucro.
  • Acredita que perdeu por não ter jogado suficientemente bem.
  • Passa mais tempo a jogar e pensa mais em jogos de azar
  • Ter de apostar mais dinheiro para experimentar a mesma excitação.
  • Gaste mais em jogos de azar do que diz aos seus amigos.
  • Preferem o jogo à família, amigos ou trabalho.

Resolução do problema

O desenvolvimento de um problema de jogo não é uma escolha activa. O vício surge inconscientemente, não podemos superá-lo com força de vontade. O simples facto de querer jogar menos não é provavelmente suficiente. Só admitindo que tem um problema é que encontrará a força de que necessita para lidar realmente com ele. Tente dizê-lo em voz alta para si próprio. «Eu tenho um problema de jogo». Veja como se sente por baixo dela.

Não está sozinho

Há pessoas que compreendem como se sente e que o podem realmente ajudar. A psicologia humana é o que ela é — todos pensamos aproximadamente da mesma maneira. Por exemplo, pode provavelmente encontrar um grupo de Jogadores Anónimos na sua área. Pegar no telefone e ter uma conversa. Pode realmente mudar a sua vida.

Os casinos e salas de póquer na Internet permitem frequentemente estabelecer limites de gastos para o jogo. Pode pedir a estes sites que bloqueiem a sua conta para que não se sinta tentado num momento de fraqueza.

Isto é muito útil e definitivamente recomendado! Para mais informações, visite um dos sítios e fundações listados abaixo. Eles podem ajudá-lo com qualquer problema de jogo que possa ter.

É muito importante envolver as pessoas para que não se esteja sozinho. Pense nos seus amigos ou familiares, eles ficarão felizes em ajudá-lo. Portanto, não seja tolo e obtenha a ajuda necessária para se livrar de qualquer vício.

As nossas recomendações

Abaixo encontra-se uma lista de pessoas e organizações que conhecem o problema e que podem ajudar:

Gambling Therapy:

A Gambling Therapy é um serviço global que oferece aconselhamento prático gratuito e apoio emocional a qualquer pessoa afetada por jogos de azar.

Website: https://www.gamblingtherapy.org/pt-pt/

e-mail: support@gamblingtherapy.org

Clínica Dorial:

Contando com 26 anos de experiência na reabilitação de dependências, a Dorial reabilita pessoas com problemas relacionados com a toxicodependência, alcoolismo, dependência de jogo, entre outros comportamentos aditivos.

A morada: Quinta da Tapada, Nº153 3050-263 Luso – Portugal

Telemóvel: +351 917 342 545, +351 915 194 607

Website: https://www.dorial.pt/

e-mail: dorialsaudemental@gmail.com

IAJ — Instituto de Apoio ao Playador

Situados em Lisboa, mais precisamente em Cruz Quebrada, somos uma equipe que abrange várias áreas e coordenamos esforços no sentidos de conhecer e ajudar todos os tipos de jogadores.

A morada: R. Sacadura Cabral, 65, Loja 5 1495-207 Oeiras, Portugal ou R. Policarpo Anjos, 60, Loja5 1495-207 Oeiras, Portugal

Telemóvel: 968 230 998

Website: https://www.iaj.pt/

CRETA – Clínica de Tratamento Dependências, Toxicodependência, Alcoolismo, Adicção, Anorexia e Bulimia, Jogo, Co-dependência, Depressão e Perturbações de Personalidade

A morada: Rua Doutor Sá Carneiro 78, Janas — Sintra 2710-281

Telemóvel: 961 703 883

Website: https://www.cretatratamento.com/ 

Jogar é divertido, mas não arrisque a sua vida!

Esperamos que leve os nossos conselhos a sério e pense nas consequências dos jogos de azar online ou offline.

Conclusão

A coisa mais importante que deve retirar deste artigo é que não está sozinho se tiver um problema de jogo. Há muitas outras pessoas que também sofrem com isso. Por isso, não hesite em procurar ajuda. Leia sobre quando tem um problema de jogo, tal como um comportamento arriscado. Aí descobrirá exactamente o que constitui um problema de jogo. Se reconhecer algum destes sintomas, ou mesmo se conhecer alguém próximo de si, é melhor denunciá-lo a uma das fundações e deixar os pais dessa pessoa saberem o que se passa. Compreender sempre que a própria pessoa não seria tão rápida a revelar a verdade sobre si própria. E sempre o negará. Ele ou ela ficar-lhe-á muito grato depois se tiver conseguido reduzir o vício. A pessoa pode estar muito zangada consigo no início, mas isto vai mudar mais tarde. É muito importante que só se jogue quando se tem espaço para isso, e não se veja isso como um rendimento adicional ou meio de subsistência. Deve ser apenas entretenimento e nada mais. Não se pode ganhar a vida com isso, e certamente não se deve acreditar em tudo o que se vê na televisão. Pessoas que só jogam póquer ou apostam e ganham dinheiro dessa forma. Nem sempre é o que parece.